MeetUp – NET Core

A Mobdrops participou do último MeetUp ASP.NET Core Day organizado pelo Valerio Ferreira e Thamirys Gameiro na Escola SENAI de Informática (https://www.meetup.com/pt-BR/Developers-SP/events/239300448/). O evento foi apoiado pela Microsoft e abordou diversos temas sobre a versão 1.0 no .NET Core.

Uma palavra que pode resumir um pouco da iniciativa é “Convergência”. A Microsoft vem quebrando barreiras com plataformas que há algum tempo atrás poderiam ser consideradas concorrentes, mas agora se tornam mais uma forma de desenvover projetos, código e software. O .NET Core traz como um dos pilares mais fortes o “Cross-plataform”, bem exemplificado no evento pelo Renato Groffi, desenvolvendo .NET no Linux. A abordagem é bastante clara: criar aplicativos em .NET que rodem em Windows, Linux e MacOS, com o mesmo desenvolvimento. Isso significa que, em um mesmo projeto, pode-se ter um desenvolvedor codificando no Windows e outro no Linux, o que proporciona uma flexibilidade na composição de times de desenvolvimento com skills diferentes.

Integrações com Docker e Azure, que já vinham sendo contempladas pela Microsoft, também se estendem ao .NET Core, ou seja, a disponibilização de containers para deploy em servidores na nuvem permanecem integrados e com ganhos notáveis na agilidade para delivery de software. No evento, a abordagem feita pelo José Roberto, da Lambda3, abrangeu também o SQL Server neste contexto.

A aderência à conceitos, como CQRS (Command Query Responsibility Segregation) e integração contínua com deploy automatizado foram apresentados pelo Angelo Belchior (um guru, diga-se de passagem) e pela Jaqueline Ramos, respectivamente. No que tange ao CQRS, o .NET Core possibilita a flexibilidade de operações de leitura e escrita conforme a ação do usuário, como rege o padrão da arquitetura. Referente ao VSTS, a considerar que o .NET Core se integra facilmente com os pipelines de build e deploy da própria Microsoft, temos mais um ganho considerável no deploy e delivery de pacotes.

Por fim, o ASP.NET Core visa convergir linguagens e enaltece ainda mais o Visual Studio Code como uma IDE já representativa entre os desenvolvedores, justamente pela possibilidade de codificação e integração com serviços, extensões, emuladores e demais artefatos que tornam o desenvolvimento de software mais produtivo.

Spread the love

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *